Sáb. Jun 15th, 2024

Diagnosticar a insuficiência cardíaca precoce pode ser um desafio porque os sintomas muitas vezes podem ser semelhantes aos de outras doenças. Se o paciente tiver falta de ar, a pressão arterial aumentar, uma doença cardíaca adquirida tiver sido detectada anteriormente, é necessário marcar uma consulta com um médico e começar a manter um diário de condições (observando dores no coração, pressão, doenças). O diário deve descrever todos os sintomas: com que frequência ocorrem, que ações os provocam, o que alivia o quadro. Este diário pode ser muito útil para tratamento e prevenção.

Sintomas preocupantes: falta de ar, inchaço, dor

A rápida falta de ar durante a atividade, subir escadas ou depois de comer pode ser causada pelo acúmulo de líquido nos pulmões. Sobrecarregar os pulmões não só dificulta a respiração, causando falta de ar mesmo em repouso ou em pé, mas também pode causar tosse seca e obsessiva ou chiado no peito. Distúrbios respiratórios e falta de ar podem ser tão graves que podem acordar o paciente durante a noite, obrigando-o a sentar na beira da cama para recuperar o fôlego.

Inchaço dos tornozelos, pernas e abdômen ou ganho de peso inexplicável podem revelar retenção de líquidos nos tecidos. Micção noturna frequente pode indicar que os rins estão recebendo menos sangue do que precisam. Fadiga e fraqueza durante o exercício físico ou esforço leve ocorrem porque os principais órgãos (coração e cérebro), assim como os músculos, sofrem de hipóxia. Tonturas ou confusão podem ser causadas por fluxo sanguíneo inadequado para o cérebro.

Náusea, inchaço e perda de apetite também são possíveis. Não é incomum um batimento cardíaco rápido ou irregular, dor no peito, porque o coração está trabalhando com carga.

O que afeta o coração, causando insuficiência circulatória

O que afeta o coração, causando insuficiência circulatória

Como acontece com qualquer doença crônica, a insuficiência cardíaca é melhor controlada por meio de diagnóstico precoce e boa prevenção. Às vezes, a causa da insuficiência cardíaca é idiopática (ou seja, a causa é desconhecida), mas, em muitos casos, o estilo de vida é o principal fator que prejudica o coração.

Vale ressaltar que os dados de que as mulheres são menos vulneráveis à insuficiência cardíaca do que os homens não são verdadeiros. A insuficiência cardíaca afeta homens e mulheres igualmente, então todos precisam estar cientes dos sintomas de doenças cardíacas e formas de prevenir o aparecimento ou progressão da doença.

Insuficiência cardíaca e doenças cardíacas, danos nas válvulas

A presença de válvulas garante que o sangue flua pelo coração em uma direção estritamente definida. Doença cardíaca congênita ou adquirida, danos nas válvulas cardíacas levam ao fato de que elas não fecham adequadamente (levando à insuficiência e refluxo do sangue) ou não abrem completamente (levando ao estreitamento da abertura).

Ambos os tipos de doença cardíaca fazem com que o coração trabalhe mais, o que pode levar à insuficiência cardíaca ao longo do tempo. Esse defeito cardíaco pode ser causado por infecção, valvopatia congênita (anomalias diagnosticadas ao nascimento), exposição prévia à radiação, trauma torácico, cardiomegalia progressiva (resultando na separação física dos folhetos valvares, impedindo-os de fechar totalmente) e outros doenças. A decisão sobre tratamento conservador ou reparo cirúrgico, troca valvar, é baseada no tipo de lesão, gravidade da cardiopatia, idade do paciente e histórico médico.

Insuficiência cardíaca e pressão alta

Insuficiência cardíaca e pressão alta

A hipertensão arterial descontrolada ou a hipertensão prolongada podem levar à insuficiência cardíaca. Além disso, a hipertensão é um fator de risco para doenças cardíacas, derrames, doenças vasculares periféricas, danos renais e sangramento retiniano.

É importante estar atento à pré-hipertensão nos seguintes casos:

  • se a pressão arterial estiver entre 130-139 mmHg em pacientes não diabéticos. a 80-89 mmHg,
  • se a pressão em diabéticos for superior a 130 mm Hg. a 80 mmHg,
  • se for detectada pressão persistentemente alta que exceda esses valores.

Em todos os casos acima, o paciente precisa de medidas preventivas. Vale a pena comer alimentos com baixo teor de gorduras e sal, enriquecer a dieta com frutas, verduras e alimentos de baixa caloria, laticínios com baixo teor de gordura. É importante perder peso se o paciente estiver acima do peso, bem como limitar a ingestão de álcool, parar de fumar e praticar exercícios regularmente.

Todos os medicamentos para pressão arterial devem ser tomados se o seu médico os prescrever. Existem vários tipos de medicamentos para reduzir a pressão arterial elevada. O seu médico baseará a terapia em leituras de pressão arterial e condições médicas adicionais. Os medicamentos devem ser tomados regularmente e na dosagem correta.

Os médicos dizem que os medicamentos para pressão alta são os mais frequentemente ignorados de todos os medicamentos prescritos.

Insuficiência cardíaca e cardiomiopatia

Um aumento no tamanho do coração, também chamado de cardiomiopatia dilatada, é uma alteração específica de um órgão que leva ao comprometimento da funcionalidade do miocárdio. Como resultado, embora o coração esteja aumentado, ele não pode funcionar de forma eficaz e ocorre insuficiência cardíaca. O médico assistente pode perceber isso durante um exame físico ou radiografia de tórax.

Uma causa de aumento do coração (cardiomiopatia dilatada) é qualquer condição que faz com que o coração trabalhe cada vez mais, como pressão alta ou doença valvular grave. Um coração fortemente aumentado representa uma ameaça na forma de insuficiência cardíaca. Seu médico fará um exame físico completo para determinar por que seu coração está aumentando e prescreverá medicamentos para ajudar a prevenir a progressão e, em alguns casos, pode até melhorar a função cardíaca.


Leia também:
Que remédio caseiro é bom para dor nas articulações
Exercicios abdominais ajudam perder barriga
Compressa de agua quente para artrose
Detox slim remédio para emagrecer
Qual o tratamento natural para artrose
Exercicios para emagrecer os braços e costas
Superalimento com ácido fólico
Por que o covid interfere no sono. Somnologista sobre insônia e pílulas para dormir inúteis
Como secar os vasos das pernas
Tosse, tratar ou não tratar
Medicos de emagrecimento em uberlandia
Cúrcuma é pimenta preta emagrece
Conservante de alimentos acabou por prevenir o COVID 19
Dieta para perder barriga cardapio semanal
Exercícios para iniciantes emagrecer e perder barriga
Exercicios para perder culotes laterais
Banho de contraste para perda de peso, as regras de um procedimento útil
Dieta para perder barriga youtube
Exercicio fisico e perda de peso
Chicago testa novo tratamento para doenças pulmonares